marco2018.gif
HOME | ESPORTE | TV | CULINÁRIA | EMPREGO | GALERIA DE FOTOS | NOTÍCIAS | VÍDEOS | CONTATO

NOTÍCIAS
Mobilização – Dia D contra pólio e sarampo será neste sábado - 17/08/2018 às 20:32:27

A Secretaria Municipal de Saúde realiza, neste sábado (18), o Dia D de vacinação contra a poliomielite e o sarampo. A imunização será feita das 8 às 17 horas em todas as unidades de PSF, além da Policlínica. Às 8 horas, o prefeito Ronaldo Magalhães fará a abertura do evento na Unidade Básica de Saúde do Praia II, ao lado do prédio da Justiça do Trabalho.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e o sarampo começou no dia 6 e se estenderá até 31 de agosto. A meta é que até o final da campanha sejam imunizadas 5.764 crianças.

A campanha tem como público-alvo crianças com idade a partir de um ano até menores de cinco, independentemente da situação vacinal. No caso da tríplice viral, que protege contra o sarampo, a caxumba e a rubéola, somente serão imunizadas as pessoas que não completaram o esquema de vacinação. É fundamental que os pais apresentem o cartão de vacina para que o histórico de vacinação da criança seja verificado. Caso esse documento tenha sido perdido, a criança deve ser levada para ser imunizada com a certidão de nascimento.

A diretora de Vigilância Epidemiológica Natália Franco Barbosa de Andrade ressalta que o sarampo pode acometer pessoas de qualquer faixa etária. Por isso, é muito importante a imunização. “Os surtos que temos visto no Norte do Brasil têm acometido principalmente crianças menores de cinco anos, que é o público em que a doença pode ser mais grave, pois compromete o sistema imunológico. Além das complicações, como infecções respiratórias (pneumonia), o sarampo também pode provocar otites, doenças diarreicas, neurológicas e levar à morte”, alerta.

Natália Andrade também destaca que, além do sarampo, a vacina tríplice viral também protege contra a caxumba e a rubéola. “É importante dizer que o Brasil já registrou casos de sarampo em seis estados. Para manter a doença afastada, é fundamental manter alta e homogênea a cobertura vacinal, para evitar a reintrodução do vírus”, destacou.

Conhecida também como paralisia infantil, a poliomielite é uma doença contagiosa causada por vírus. A vacinação é considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como a única forma capaz de erradicação da doença. “Não existe argumento justificável para que os pais ou responsáveis deixem de imunizar suas crianças. É a vacinação que pode garantir que essas doenças transmissíveis continuem distantes”, pontua Natália Andrade.

 

Prioridade

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais determinou que os municípios suspendam, durante o mês de agosto, a aplicação de rotina da vacina tríplice viral. Conforme justificou, houve atraso na entrega das doses e, por isso, os municípios deverão priorizar a imunização das crianças até cinco anos. A intenção é de que a distribuição seja normalizada em setembro. “Por este motivo, contra o sarampo, as unidades de saúde estão imunizando apenas as crianças, mas a expectativa é que a partir de setembro a situação seja regularizada e voltaremos a fazer as doses de rotina em pessoas com mais de cinco anos”, explica Natália Andrade.

 

Saúde bucal

A equipe de saúde bucal também estará presente no Dia D de Vacinação contra a poliomielite e o sarampo. Desde segunda-feira, as unidades de saúde fazem atividades para alertar sobre a importância da higiene bucal e avaliações odontológicas. No sábado, em algumas unidades haverá atividades lúdicas para as crianças e a equipe técnica prestará informações sobre a importância da dentição e da alimentação saudável.


dengue

xerox

dengue
marco2018
E-mail: contato@informeitabira.com.br



© Informe Itabira 2018. Todos os direitos reservados. Webmail