marco2018.gif
HOME | ESPORTE | TV | CULINÁRIA | EMPREGO | GALERIA DE FOTOS | NOTÍCIAS | VÍDEOS | CONTATO

NOTÍCIAS
Inclusão – Servidores municipais farão curso de Libras - 30/07/2018 às 19:35:31

Com o objetivo de facilitar a vivência de pessoas surdas em situações comuns do dia a dia, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Governo (SMG) e da Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DDRH), da Secretaria Municipal de Administração (SMA), irá promover a partir de amanhã (31), às 9 horas, no auditório do paço municipal, aulas de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os servidores itabiranos em contato direto com a população.

Esta solicitação, de acordo com Ilton Magalhães, secretário municipal de Governo, foi feita pela Associação de Pais e Amigos do Surdo de Itabira (Apasita) e, em princípio, serão 25 vagas destinadas para profissionais dos hospitais Nossa Senhora das Dores (HNSD) e Municipal Carlos Chagas (HMCC); da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) que atuam nos centros de Referência da Assistência Social (Cras) e de Referência Especializado de Assistência Social (Creas); das secretarias municipais de Educação (SME) e de Saúde (SMS), neste caso para os que trabalham nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs); do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e da Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais (Uaitec), incluídos na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Inovação e Turismo (SMDECTIT) e da Secretaria Municipal da Fazenda, especificamente do setor de Tributação. “Nosso objetivo é que os servidores não tenham dificuldades em atender deficientes auditivos e, ao mesmo tempo, promover a inclusão das pessoas surdas na sociedade”, explicou o secretário.

Para Enilza Soares Gregório, presidente da Apasita, esta ação do Governo Municipal reconhece a cidadania das pessoas com deficiência auditiva e assegura o direito delas serem atendidas por funcionários capacitados nos órgãos, entidades e empresas da administração pública. “É justo que esses cidadãos sejam recebidos por profissionais que se comuniquem na mesma linguagem”. Além disso, segundo ela, é um grupo social minoritário que demanda prioridade no direito de comunicação em relação a maior parte da sociedade.

Curso

É uma formação para nível básico, com carga horária de 40 horas. De acordo com Dayana Nunes, diretora de Desenvolvimento de Recursos Humanos, o treinamento será ministrado pela professora municipal Simone de Oliveira e Silva, pedagoga, especialista em educação especial e intérprete de Libras pelo Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e de Atendimento às Pessoas com Surdez (CAS), uma vez por semana, “possivelmente todas as quintas-feiras, na parte da manhã, no auditório da Prefeitura, até dezembro”, informou a diretora.

Saiba mais

Em 2002, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) foi oficialmente reconhecida e aceita como segunda língua oficial brasileira, por meio da Lei Federal nº 10.436. Em 2005, com o Decreto Federal nº 5.626, a Libras foi regulamentada como disciplina curricular. Já em Itabira, o prefeito Ronaldo Magalhães sancionou a Lei nº 4955, em abril de 2017, que reconhece oficialmente a língua de sinais como meio de comunicação objetiva e de uso corrente em Itabiraestabelecendo ainda, recursos nos orçamentos anuais e plurianuais que possibilitem capacitar professores, servidores e empregados públicos para o uso e difusão da Libras.


dengue

xerox

dengue
marco2018
E-mail: contato@informeitabira.com.br



© Informe Itabira 2018. Todos os direitos reservados. Webmail