prefeitura
HOME | ESPORTE | TV | CULINÁRIA | EMPREGO | GALERIA DE FOTOS | NOTÍCIAS | VÍDEOS | CONTATO

ESPORTE
Cruzeiro sai na frente com 'sassarada', leva empate do Flu e perde oportunidade de voltar ao G6 - 21/07/2017 às 10:48:33

O Cruzeiro até saiu na frente no placar, mas deu bobeira e levou o empate do Fluminense na noite desta quinta-feira (20), no estádio Giulite Coutinho, no Rio de Janeiro, na 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O 1 a 1 fez com que o time carioca chegasse ao sexto empate na competição, o quarto da Raposa, que além dos pontos desperdiçou também a chance de chegar à quinto lugar na tabela de classificação. Os gols da partida foram marcados por Sassá e Richarlison. 

A próxima partida do Cruzeiro está marcada para domingo, em Florianópolis, contra o Avaí, time que luta contra o rebaixamento. O jogo acontecerá às 16h, na Ressacada. Já o Fluminense enfrenta o Corinthians, líder do Brasileirão, no Maracanã, no mesmo dia e horário. 

O jogo

O destino traçado pelos deuses do futebol colocaram o gol como condição sine qua non nos encontros de Sassá com antigos rivais cariocas, clubes que o atacante estava acostumado a enfrentar desde os tempos do Botafogo. Se o Flamengo já havia sido vítima desse moleque travesso, agora foi a vez do Fluminense sentir novamente a força e a gingada da Sassarrada.

Aos 35 minutos, Thiago Neves, ex-jogador do Tricolor Carioca, recebeu a bola e tocou para Sassá, que, dentro da área, não perdoou o goleiro Júlio César: 1 a 0.

Até o gol o Cruzeiro era melhor na partida, girava bem a bola e confundia a marcação do Fluminense. No entanto, o time de Abel Braga acordou. Um minuto depois de sair atrás no placar, a equipe carioca assustou muito a defesa cruzeirense. Gustavo Scarpa bateu escanteio, Léo desviou e Fábio defendeu em lance de puro reflexo. 

Coube a Richarlison, cria do América e também conhecedor do Cruzeiro, empatar o jogo a favor do Flu. O ex-jogador do Coelho recebeu belo passe, ganhou de Lucas Romero na corrida, mas foi derrubado dentro da área pelo próprio argentino. Na cobrança do pênalti igualdade no placar: 1 a 1.

Foi o sexto gol de pênalti do Fluminense no Campeonato Brasileiro, o primeiro de Richarlison. O dono da bola parada em penalidades no Tricolor é o atacante Henrique Dourado, que ficou fora do jogo por causa de lesão muscular. O centroavante e um dos artilheiros do Brasileirão (nove gols) marcou mais da metade dos tentos (cinco) de pênalti. 

A expectativa era de que no segundo tempo o Cruzeiro melhorasse, voltasse a propor mais o jogo e encurralasse o Fluminense. Mas não foi isso que aconteceu. O time mandante adiantou a marcação e passou a segurar mais a bola no campo ofensivo. Assim diminuiu o ímpeto celeste. 

O jogo no segundo tempo ficou tão morno, que a melhor chance da partida, aos 22 minutos, foi do Fluminense. Em bola cruzada da esquerda, Gustavo Scarpa desviou e obrigou o goleiro Fábio a pegar em dois tempos. Por pouco o mandante não virava o placar. 

Sem força ofensiva, Mano Menezes fez substituições diferentes. Tirou Sassá e colocou Bryan, que entrou para atuar como ponta, mantendo Diogo Barbosa na lateral esquerda. Rafael Marques também foi acionado na vaga de Ariel Cabral e Raniel à frente no lugar de Elber, que fazia o terceiro jogo seguido como titular, mas pouco apresentou.

FICHA TÉCNICA 

FLUMINENSE 1 X 1 CRUZEIRO

Motivo: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro

Local: Estádio Giulite Coutinho (RJ)

Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Auxiliares: José Eduardo Calza (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)

Gols: Sassá, aos 35 minutos, e Richarlison, aos 41 minutos do primeiro tempo

Cartão amarelo: Lucas Romero, Léo, Ezequiel (CRU); Marlon Freitas, Richarlison, Wendel (FLU)

Cartão Vermelho: não houve

Público: 4.757 pagantes

Renda: R$ 115.000,00

FLUMINENSE - Julio César; Lucas (Mateus Norton, aos 34' do 2º tempo), Frazan, Henrique e Leo; Orejuela, Marlon Freitas, Wendel e Gustavo Scarpa; Richarlison e Pedro (Marcos Calazans, aos 25' do 2º tempo). Técnico: Abel Braga

CRUZEIRO - Fábio; Lucas Romero, Leo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Ariel Cabral (Rafael Marques, aos 15' do 2º tempo), Hudson e Thiago Neves; Elber (Raniel, aos 31' do 2º tempo) e Sassá (Bryan, aos 28' do 2º tempo). Técnico: Mano Menezes


dengue

xerox

dengue
prefeitura
E-mail: contato@informeitabira.com.br



© Informe Itabira 2017. Todos os direitos reservados. Webmail